History

Quem Somos Nós

AS IRMÃS FELICIANAS, oficialmente conhecidas como CONGREGAÇÃO DAS IRMÃS DE SÃO FÉLIX DE CANTALICE TERCEIRA ORDEM REGULAR DE SÃO FRANCISCO DE ASSIS (CSSF), é um instituto religioso de direito pontifício cujos membros professam votos públicos de castidade, pobreza, e obediência e seguem o caminho evangélico da vida em comunidade. A meta da comunidade é cooperar com Cristo na renovação espiritual do mundo. Sendo uma congregação apostólica, as Irmãs Felicianas cumprem sua missão na Igreja através da contemplação e da ação.

A história da comunidade Feliciana teve seu início no século dezenove na Polônia, que deixou de existir como nação no ano de 1795, quando foi dividida entre a Rússia, a Prússia, e a Áustria. O duro começo no setor Russo foi mesclado com a tristeza e a angústia dos pobres e dos aflitos enquanto o país lutava sob a opressão da liderança estrangeira.

Como Foram Nossos Inícios

A verdadeira história das Irmãs Felicianas, contudo, começa com a vida e o carisma da Bem-aventurada Maria Ângela Truszkowska e continua com as histórias das suas primeiras seguidoras.

As primeiras crônicas e o Memorial contam como o carisma da Congregação foi expresso pelas primeiras Felicianas cujas vidas foram centradas na oração que as levou a um apostolado efetivo. Desde sua origem, a Congregação se engajou em serviços sociais. Conseqüentemente, diversas formas de obras de caridade tornaram-se inseparáveis da vocação Feliciana.

Os órfãos, as mulheres pobres, e os deficientes se juntaram ao redor das irmãs. Para responder às necessidades da Igreja, o bispo delegou-lhes a responsabilidade de dirigir a Ordem Terceira Secular, e o catecumenato das mulheres. Foram chamadas a servir os doentes em suas casas e nos hospitais, assim como visitar os prisioneiros.

Durante a guerra civil, elas cuidavam de todos os soldados feridos até dos inimigos. As Irmãs eram responsáveis pelos centros sociais onde ensinavam e cuidavam das crianças, davam aulas de religião para os adultos e ensinavam trabalhos manuais para as mulheres. Muitas confrarias se uniram a elas. Pessoas que desejavam participar nas celebrações e orações procuravam a orientação das irmãs. Com isso, as irmãs compreenderam que elas não deveriam escolher um serviço particular, mas que deveriam estar preparadas para aceitar qualquer designação para a maior glória de Deus. As irmãs foram encorajadas a não se desviarem do espírito original de prontidão, porque em seu modo de vida, a disposição para tudo era indispensável. (Memorial de Congregação)

Pontos Culminantes de Nossa História

1855
No 21 de novembro, festa da Apresentação da Bem-aventurada Virgem Maria, a Bem-aventurada Maria Ângela, conhecida nesta época como Sofia Truszkowska, e a sua prima, Clotilde Ciechanowska, diante do ícone de Nossa Senhora de Czestochowa, solenemente se dedicam a fazer a vontade de seu Filho, Jesus Cristo, em tudo. Esta data é registrada como o dia oficial da fundação da Congregação das Irmãs de São Félix de Cantalice.

1860
A Congregação é dividida em dois ramos: o estritamente contemplativo e o contemplativo ativo.

1864
A Congregação inteira é solenemente consagrada ao Coração Imaculado de Maria.

O governo dispersa as irmãs, suprime a Congregação e todas as suas missões no setor sob o domínio russo.

1865
O governo austríaco oficialmente aprova a Congregação e autoriza seu estabelecimento no sudeste da Polônia. As irmãs restabelecem a Congregação à Rua Mikolajska em Cracóvia numa casae sede provisória.

1869
Madre Ângela renuncia ao cargo de superiora geral. O restante do seu termo foi assumido por Madre Maria Ana Bielska.

1870
A Casa Provincial Coração Imaculado de Maria foi transferida da Rua Mikolajska para uma nova casa construída na Rua Smolensk.

1871
Madre Maria Madalena Borowska é eleita superiora geral. Madre Madalena foi reeleita sucessivamente nos anos, 1874, 1883, 1885 e 1907.

O ramo contemplativo das Irmãs Felicianas torna-se uma congregação separada e recebe aprovação oficial da Igreja no ano de 1924, com o nome de Irmãs Capuchinhas.
1874
A Santa Sé concede às Irmãs Felicianas o “Decreto de Louvor”, primeiro passo para a aprovação das Constituições da Congregação.

Cinco Irmãs partem para a América do Norte em resposta ao pedido do Padre José Dabrowski que convidou as Irmãs Felicianas para ensinar na escola paroquial em Polônia, Wisconsion. Dezenove anos após a fundação da comunidade em Varsóvia, as irmãs pioneiras da América do Norte, chegam em Polônia, Wisconsin na véspera da Apresentação da Bem-aventurada Virgem Maria, dando-se o início da fundação americana das Irmãs Felicianas.

1882
A casa provincial da Apresentação da Bem-aventurada Virgem Maria em Polônia, Wisconsin, é transferida para Detroit, Michigan.

1883
As Irmãs Felicianas recebem o privilégio de ter a exposição diária do Santíssimo Sacramento na casa provincial da Província Imaculado Coração de Maria, em Cracóvia. Mais tarde este privilégio foi estendido a todas as casas provinciais da Congregação.

1899
As Irmãs Felicianas recebem aprovação final da Congregação e a aprovação temporária das constituições.

No dia 10 de outubro, a Bem-aventurada Maria Ângela Truszkowska é chamada para a sua recompensa eterna.

1900
O estabelecimento da segunda província, Imaculado Coração de Maria, em Búfalo, Nova York.

1907
A Santa Sé concede o decreto da aprovação final da Congregação e a aprovação das Constituições.

1909
O Generalado das Irmãs Felicianas, sediado na casa provincial à Rua Smolensk em Cracóvia, é transferido para a Rua Batory da mesma cidade.

1910
A segunda província polonesa, Nossa Senhora de Czestochowa , é estabelecida em Lwow, Polônia.

A terceira província americana, Mãe do Bom Conselho, é estabelecida em Milwaukee, Wisconsin.

1913
A quarta província Americana, Imaculada Conceição , é estabelecida em Lodi, Nova Jersey.

1915
Madre Maria Magdalena Borowska, a terceira superiora geral, falece na Polônia. Sendo que não poderia convocar o capítulo geral para eleições durante a 1ª Guerra Mundial, Madre Maria Honorata Kummer, a primeira conselheira, assume a responsabilidade de superiora geral para os cinco anos seguintes.

1920
Madre Maria Boaventura Stawska é eleita como a quarta superiora geral.

As constituições da Congregação, modificadas de acordo com a nova lei Canônica, são aprovadas.

A quinta província Americana, Nossa Senhora do Sagrado Coração , é estabelecida em McKeesport, Pensilvânia.

1922
A terceira província polonesa, Nossa Senhora Rainha da Polônia , é estabelecida em Waw er, subúrbio de Varsóvia.

1927
A Província, Mãe de Bom Conselho, é transferida de Milwaukee, Wisconsin para Chicago, Illinois.

1932
Madre Maria Pia Schweda de Chicago é eleita a quinta superiora geral e primeira Americana a assumir esta posição.

A casa provincial da Província Nossa Senhora do Sagrada Coração é transferida de Mckeesport para Coraopolis, Pensilvânia.

A sexta província Norte-Americana, Nossa Senhora dos Anjos, é estabelecida em Enfield, Connecticut.

1936
A casa provincial da Província Apresentação da Bem-aventurada Virgem Maria é transferida de Detroit para Livonia, Michigan.

1937
A Província, Imaculado Coração de Maria, Búfalo, estabelece uma missão em Ontário, Canadá.

1946
Madre Maria Simplicita Nehring de Búfalo, é eleita a sexta superiora gera.

Uma casa central, que mais tarde seria a Província de Nossa Senhora de Czestochowa, é estabelecida em Przemysl para as irmãs da província de Lwow. Elas foram banidas de sua casa provincial e de suas missões pelos Russos após a 2ª Guerra Mundial.

1950
O Generalado é transferido de Cracóvia, Polônia para uma localidade provisória em Ponca City, Oklahoma, EUA

A Congregação inicia uma missão em Niterói, Rio de Janeiro, Brasil.

1953
O primeiro capítulo geral extraordinário é realizado em Ponca City, Oklahoma.

O Generalado é transferido para Roma, Itália, com o título Nossa Senhora Medianeira de todas as Graças.

A missão no Canadá torna-se um comissariado provincial sob a jurisdição da Província de Búfalo.

A missão no Brasil torna-se um comissariado geral sob a jurisdição do generalado.

A sétima província Americana, Assunção da Bem-aventurada Virgem Maria, é estabelecida em Ponca City, Oklahoma.

1956
A edição revisada das Constituições de 1920 é aprovada.

A Casa Mãe do comissariado provincial no Canadá é transferida de Toronto para Mississauga, Ontário.

1958
Madre Maria Alexander Kucharska de Búfalo é eleita a sétima superiora geral e reeleita no ano 1965.

1965
O Capítulo Geral do ano de 1965 elevou o comissariado do Brasil ao status de Vice-Província Nossa Senhora da Assunção.

O Capítulo Geral elevou o status do comissariado no Canadá à Vice-Província Santo Nome de Maria.

A Casa Mãe de Niterói é transferida para Curitiba, Paraná, Brasil.

1966
A Vice-Província, Anunciação da Bem-aventurada Virgem Maria, é estabelecida em Saginaw, Michigan sob a jurisdição da Província de Livonia.

1968
O Capítulo Geral Especial de 1968 emite as Constituições e Decretos interinos de caráter experimental para “a renovação e a adaptação da Congregação de acordo com os documentos conciliares e normas pós- conciliares”.
1970
Madre Maria Virginette Chlebowska de Lodi é eleita a oitava superiora geral.

A Vice-Província Anunciação da Bem-aventurada Virgem Maria é dissolvida e retorna-se ao domínio jurídico da Província de Livonia.

1971
O período de continua experimentação testemunha a evolução das Constituições de 1971, nas quais os decretos dos Capítulos de 1968 e de 1970 são incorporados.

1976
Madre Maria Amadeus Lewicka de Lodi é eleita a nona superiora geral e reeleita no ano 1982.

As novas Constituições do ano de 1976, Reposta ao Amor, são aprovadas pela Santa Sé para o período de doze anos.

A Província Assunção da Bem-aventurada Virgem Maria é transferida de Ponta City, Oklahoma para Rio Rancho, Novo México.

1983
A Província Nossa Senhora Rainha da Polônia de Varsóvia, inicia uma missão feliciana e noviciado em Quênia, África.

1988
Irmã Maria Cynthia Strzalkowski de Livonia é eleita a decimal ministra geral e reeleita no ano 1994.

O Capítulo Geral do ano 1988 concede o status de Província à Vice-Província do Canadá, agora passa a chamar-se: Província Santo Nome de Maria .

O capítulo geral eleva o status da Vice-Província Nossa Senhora da Assunção, Curitiba, Paraná, Brasil, ao status de Província Nossa Senhora Aparecida, em honra da Padroeira do Brasil, Nossa Senhora Aparecida.

1989
As Constituições revisadas, Resposta ao Amor, recebem a aprovação final da Santa Sé.

1993
Sua Santidade João Paulo II beatifica Madre Maria Ângela Truszkowska no dia 18 de abril na Basílica de São Pedro em Roma. A fundadora das Irmãs Felicianas passa agora a ser denominada Bem-aventurada Maria Ângela.

1999
Uma Casa de Formação Feliciana, sob a jurisdição da Província de Rio Rancho, é aberta em Nueva Rosita, Coahuila, México, sendo o segundo estabelecimento mexicano. O primeiro foi estabelecido no ano de 1992.

2000
Irmã Maria Raymond Kasprzak de Búfalo é eleita a decima primeira ministra geral.

2006
Irmã Maria Barbara Ann Bosch de Chicago é eleita a decima primeira ministra geral.